Cigarros Eletrónicos nos aviões

Pela sua utilização largamente espalhada por todo o mundo, os cigarros eletrónicos juntam-se aos milhões de equipamentos eletrónicos que utilizam baterias de lítio e cujo transporte exige cuidados especiais.

Houve pânico a bordo de um avião da Hawaiian Airlines com 128 passageiros a bordo que seguia no passado dia 13 de janeiro a caminho de Maui em Honolulu quando um alarme sinalizou fumo no compartimento de carga.

O piloto realizou uma aterragem de emergência em segurança e um porta-voz da companhia contou que quando os bombeiros verificaram o compartimento de carga 2 malas aparentavam ter ficado danificadas devido a um cigarro eletrónico com bateria de lítio.

Estas situações de explosão ou fogo provocado por baterias de lítio usadas nos mais diversos aparelhos desde telemóveis a laptops, cameras e purificadores de ar, têm vindo a crescer constituindo uma forte preocupação para as companhias aéreas.

Segundo um recente estudo, num pequeno avião transportando 100 passageiros poderão encontrar-se cerca de 500 baterias de lítio, aumentando desta forma a probabilidade de que pelo menos uma possa despoletar um incêndio a bordo.

Desde a queda de um avião da UPS em 2010 que transportava uma carga de baterias de lítio às quais se atribuiu a causa do acidente, que as autoridades aéreas vêm determinando uma série de medidas restritivas do transporte de baterias de lítio.

Desta forma, os cigarros eletrónicos tal como todos os equipamentos eletrónicos com baterias de lítio, devem ser transportados exclusivamente na bagagem de mão.

E claro, para todos estes equipamentos devem adquirir-se baterias exclusivamente provenientes de fabricantes de confiança.

 

Fonte: http://www.kitv.com/story/30961500/hawaiian-airlines-flight-makes-emergency-landing-after-e-cigarette-scare

Powered by Jasper Roberts - Blog
Alojamentos Web, Registo de Domnios, Lojas Online, Servidore Dedicados